DOUROCHARTER NAVEGAÇÃO DOURO ACIMA VEJA O VIDEO DOS NOSSOS BARCOS

Todas as Notícias

GINÁSTICA – Zoi Lima a mais jovem atleta da Missão Olímpica

A ginasta Zoi Lima e a treinadora Cristina Gomes, do Sport Club do Porto, partiram para Londres onde integram a comitiva portuguesa aos Jogos Olímpicos, que a partir de 27 de julho decorrem na capital britânica.

Zoi Lima é a atleta mais jovem da Missão Olímpica Portuguesa e a única representante portuguesa da Ginástica Artística Feminina, nos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

A atleta do Sport, que faz a sua estreia em Jogos Olímpicos, inicia a sua participação no dia 29 de julho, um domingo, entre as 11h15 e as 12h40, nas provas de Qualificação da Ginástica Artística Feminina.

A representação da ginástica no âmbito da Missão Olímpica Londres 2012 é formada pelos ginastas Ana Rente, Diogo Ganchinho, Manuel Campos e Zoi Lima.

Share/Save

HÓQUEI – Dez atletas do Sport no duplo duelo com Turquia

Portugal, em cujas equipas nacionais Sub-21 tem dez atletas do Sport Club do Porto, tem este sábado um duplo embate com a Turquia no EuroHockey Junior Championships III, que até domingo decorre no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras.

A equipa nacional masculina, da qual fazem parte Hélder Gonçalves, Ivo Moreira, Mário Correia, Pedro Romariz, Rodrigo Seara, Sebastião Vale e William Rogerson, do Sport, defronta a representação turca às 13h00.

A seleção masculina portuguesa folgou esta sexta-feira e quarto dia do Europeu Sub-21, depois de ter ultrapassado com vitórias a Grécia (5-1), Azerbaijão (5-0) e Chipre (11-0).

Já no sector feminino, a seleção portuguesa voltou a perder. A Irlanda confirmou o favoritismo e a sua maior experiência ditou o desnivelado resultado frente a Portugal, que perdeu por 7-0 (4-0, ao intervalo).

Amanhã, Portugal defronta a Turquia às 17h00, depois de na estreia diante do Azerbaijão a equipa da qual fazem parte Irina Oliveira, Sara Matos e Soraia Martins, do Sport, também ter perdido por 6-2.

 

Share/Save

TÉNIS – Atletas do Sport entre os oito melhores Sub-14 nacionais

Os tenistas José Perez, Gonçalo Andrade e Luísa Pelayo, do Sport Club do Porto, qualificaram-se entre os oito melhores atletas do Campeonato Nacional Sub-14, que até sábado decorre no Clube de Ténis do Porto, sob organização da Federação Portuguesa de Ténis.

José Perez perdeu nos quartos-de-final da competição diante de Duarte Vale (CT Qtª Marinha) por 6/3 e 6/2, depois de ter ultrapassado nas duas primeiras rondas do quadro principal Luís Simões (ACT Matosinhos) e Afonso Viana (Future TA), por 6/3, 3/6, 6/3 e 7/5, 6/2, respetivamente.

Já Gonçalo Andrade não se superiorizou a João António (CT Santo André), perdendo nos quartos-de-final por 4/6, 6/4 e 6/1, depois de ter deixado para trás nas duas primeiras rondas do quadro principal Miguel Pinto (CT Coimbra) e Bernardo Pires (ET Maia), por 6/2, 6/2 e 6/3, 6/1, respetivamente.

No sector feminino, Luísa Pelayo perdeu diante da nº 1 nacional Joana Ferreira (ACT Matosinhos), por 6/2 e 6/0, depois de ter deixado para trás nas duas primeiras rondas do quadro principal Mariana Rocha (Ace Team) e Rita Pinto (AM Portela), respetivamente por 6/1, 6/2 e 7/5, 6/4, enquanto que na prova de qualificação ultrapassou Maria Jardim (ET J. Caldeira), por 6/0 e 6/1.

Share/Save

Sport Club do Porto recorre da decisão do Tribunal

O Sport Club do Porto vai recorrer da decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa, depois de analisada a sentença que acaba de ser proferida e onde se constata que, e explicitamente, nos termos da mesma “admite-se que juridicamente poderá assistir razão ao requerente”, portanto ao Sport Club do Porto.

Olímpicos ainda não estão confirmados no Sporting

A ação de anulação das deliberações que admitiram o Sporting Clube de Portugal como sócio da Federação Portuguesa de Remo e aprovaram a transferência dos atletas olímpicos Pedro Fraga e Nuno Mendes para aquele clube, continua portanto viva e à espera de decisão.

Tratou-se aqui somente de uma deliberação quanto ao facto de existir ou não, no caso em apreço, de “fundado receio da constituição de uma situação de facto consumado ou da produção de prejuízos de difícil reparação”.

Quer isto dizer que o que foi apreciado é somente o que acaba de ser referido.

Mesmo assim, o Sport Club do Porto não se conformando obviamente com a decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa irá recorrer da mesma para o Tribunal Central Administrativo, a quem competirá apreciar a decisão e seus fundamentos, tendo em conta que foram invocadas pela FPR um conjunto de inverdades quanto ao dano público que resultaria da suspensão das decisões que estão em causa.

Foi somente com base nesse argumentário insustentável, quanto aos obstáculos que tal provocaria na participação olímpica dos atletas em causa, que o Tribunal foi sensibilizado pelos argumentos erróneos da Federação.

Não resta qualquer dúvida quanto à razão moral que assiste ao Sport. Aliás, os quatro meses que decorreram entre a suposta ‘admissão’ do Sporting e a ‘transferência’ dos atletas, só veio demonstrar o que se previa: o Sporting não tem remo, nada o faz para o ter, não tem quaisquer outros atletas, barcos ou sequer remos. O Sporting pretende somente utilizar dois atletas potencialmente medalháveis à custa de quem os formou e de quem neles investiu durante anos, como instrumentos da competição entre dois clubes de Lisboa e sobre quem consegue ter mais atletas na representação olímpica.

Não temos dúvida que tal como temos razão, a justiça a seu próprio momento reconhecerá.

 A avaliação de todo este imbróglio através de parecer jurídico de uma das maiores autoridades nacionais em Direito Desportivo, o professor José Manuel Meirim, da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, da Faculdade de Direito da Universidade Católica e da Faculdade de Motricidade Humana, é claramente sintomática quando apura sem dúvidas que “a deliberação da FPR que aprovou a admissão do Sporting Club de Portugal como associado da FPR é ostensivamente violadora do artº 8º nº 3 alínea B dos Estatutos da FPR e do artº 2º alínea I do Regulamento de Admissão de Novos Associados”. Da mesma forma, em relação às transferências entende aquele insuspeito jurisconsulto o seguinte: “impõem-se, pois, com toda a nitidez, a conclusão de que não existe (não se efetivou) qualquer transferência de atletas do Sport Club do Porto para o Sporting Clube de Portugal”.

E vai mais longe, referindo que “a ação dos membros da Direção da FPR ao violarem flagrantemente as normas estatutárias sobre a admissão de associados efetivos, sujeitos que estão, enquanto titulares de órgão estatutário, a um acrescido dever de respeito dessas normas, que constituem como a ‘Constituição’ do remo em Portugal, configura, a nosso ver, o tipo de infração disciplinar acima descrito, uma vez ter sido afetado, com esse agir, a correção e a dignidade do desporto em geral e a da modalidade do remo em especial”.

 

Porto, 19 de Julho de 2012

 

Share/Save

HÓQUEI – Quatro golos de atletas do Sport no triunfo 11-0 sobre Chipre

Rodrigo Seara e Mário Correia, do Sport Club do Porto, estiveram em evidência na vitória sobre o Chipre, ao apontarem três e um golo, respetivamente, dos onze com que Portugal venceu a formação mediterrânica no terceiro dia do EuroHockey Junior Championships III, que até 22 de julho decorre no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras.

 

 

Para além de Rodrigo Seara e Mário Correia, Portugal alinhou com mais cinco atletas do Sport -- Hélder Gonçalves, Ivo Moreira, Pedro Romariz, Sebastião Vale e William Rogerson – e obteve o terceiro triunfo neste Europeu Sub-21, o que coloca a equipa nacional na liderança da ‘poule’ da qual também constam as representações de Gibraltar, Turquia, Azerbaijão e Grécia.

 

 

Num outro âmbito, a seleção nacional Sub-21 feminina, da qual fazem parte as atletas Irina Oliveira, Sara Matos e Soraia Martins, do Sport, perdeu esta manhã por 6-2 diante do Azerbaijão, na estreia no EuroHockey Junior Championships III.

 

 

Frente a um adversário reconhecidamente mais forte, a jovem equipa nacional denotou algumas dificuldades e ao intervalo já perdia pelo parcial de 3-1. Sara Matos, do Sport, apontou um dos golos de Portugal, que amanhã defronta a Irlanda, às 15h00.

 

 

Share/Save

Pages

  
Siga-nos

 

     Ver Todas as Notícias...